domingo, 18 de abril de 2010

Por não estaremos distraídos

"Foram então aprender que, não estando distraído, o telefone não toca, e é preciso sair de casa para que a carta chegue, e quando o telefone finalmente toca, o deserto da espera já cortou os fios. Tudo, tudo por não estarem mais distraídos"
( Para não esquecer, Clarice Lispector)

O telefone não tocava, a campainha não soava...
A que horas chegarão as flores que você mandou me entregar?
A que horas você surgirá embaixo da minha janela,
com um violão nas mãos, cantando a nossa música?
Por quanto tempo mais sentirei meu coração acelerar
percebendo que o celular me chama?
E por quantas vezes mais me decepcionarei por descobrir que não era você?

Sempre que fecho a porta deixo meu coração e minha cabeça dentro do cômodo
Esperando que o mundo mude, que a vida aconteça
Que quando eu feche os olhos você surja ao meu lado
E me diga tudo aquilo pelo qual eu sempre esperei
E que eu possa te sentir nos mais leves pensamentos

Mas eu tenho que me desligar
Ser tão despreocupada a ponto de tropeçar em evidências
Fingir que não vejo essa mágica que nos cerca
Quem sabe assim ela não nos envolva feito corda
E aperte tanto que eu consiga sentir seus lábios tocarem os meus?

Fecharei meus olhos e deitada, ouvirei uma música qualquer
Uma música que não me lembre nada
E assim ficarei até que você reapareça
Pra dizer que está tudo bem, que tudo não passou de uma loucura
E que seguiremos vivendo de amor e música

7 comentários:

Veronica Rodrigues disse...

Nossa, adorei ler esse texto, essas palavras. Ficou perfeito. E traduziu muita coisa. Gosto de ler textos assim...

Otima semana pra voce flor! um beijo.

Erica Vittorazzi disse...

Ai amor, chega logo... pois eu só estu vivendo de música!!!!

Texto lindo, beijos

carolina disse...

Que texto lindo.

Adorei seu blog também! É lindo.

xx

Ná Lima disse...

Lindo o texto, bem sentimental.
Escreve de uma maneira contagiante!
Irei aparecer aqui mais vezes, gostei muito!

* Mari Sottomaior disse...

Esse post me lembrou uma frase do Caio:
"É preciso estar distraído e não esperando absolutamente nada. Não há nada a ser esperado. Nem desesperado."

:) Beijos :*

dianaBruna disse...

"É preciso estar distraído e não esperando absolutamente nada. Não há nada a ser esperado. Nem desesperado."
concordo plenamente
a vida é feita de esperas, mas é nelas que ocorrem os momentos que nos marcam.

Regina disse...

De onde vem essa inspiração?
"E que seguiremos vivendo de amor e música" que assim seja, até o fim de nossas vidas.
As últimas frases sempre me encantam mais. As vezes leio texto ao avesso por isso.

Postar um comentário

 
By Biatm ░ Créditos: We ♥ it