segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Confrontado pelos sonhos

Às vezes (o céu) fica cinza quando a chuva cai
Sempre em volta de você
Mas será que não é tempo de saber o que se quer
E como seria bom se alguém dissesse
Que não adianta contar estrelas por aí?
(Love song sem título - Aborto Elético)

Precisava de um sinal de fogo, porque ter aquela vida, passeando pelas labaredas do fogo estrelar não o levaria a lugar nenhum. Os castelos de areias estavam se desmoronando, por causa da maré alta que chegava para arrastar tudo. A maré chegava a oferecer ajuda: "Seria capaz de apagar todas as escritas na areia se você estivesse disposto a apagá-las de seu coração". Mas ele não estava. Era capaz de esquecer aquela fórmula de Física, o aniversário da amiga ou onde colocou o controle remoto, pois eram coisas da cabeça, porém sentimentos, sonhos e idealizações são coisas do coração. Sempre lhe disseram que tinha a mente fraca, e sempre compensou com um forte coração.
Um forte coração que agora se encontrava despedaçado e espalhado por todas as avenidas do bairro. Já tentara catar seus pedaços, mas só foi capaz de catar estrelas para ter em que acreditar. Os pedaços das estrelas brilhavam, chamando-o; já seu coração perdeu o brilho ao entrar em contato com o asfalto quente, afinal não tinha mais vontade de se esconder em seu peito - sabia que congelaria ali.
O cinza escuro do céu não o aterrorizava mais. Pra falar a verdade, pouco se importava. Quase nunca notava a passagem do tempo. Criou uma bolha de proteção para viver e nela não existia relógio e ampulhetas.
Precisava tomar decisões, mas não queria. Não queria sequer pensar e exigir de seu cérebro, por vezes tão cruel, capaz de confundi-lo e confrontá-lo: "É isso que queres: seguir a podre emoção? Sou a razão, dona de verdades inimagináveis"
Tinha que se decidir em algum momento, mas enquanto era tomado pela indecisão, apenas colhia as estrelas que brilhavam aos seus pés.


10 comentários:

Maria Fernanda Probst disse...

a imagem é tão tudo...

Daniela Filipini disse...

Não notou que as estrelas brilhavam como um sinal, para lhe fazer sorrir e tentar mais uma vez?

Bia disse...

Você sabe que me encolhi numa bolha né ? E agora você sabe como vivo em conflitos comigo mesma e com meu coração .
Talvez uma bolha dê a sensação de proteção que você precisa , mas nem smepre é bom porque você meio que não consegue se livrar dela , é como se fosse um vício .
Acho que as estrelas brilham pra te mostrar que deve seguir em frente , a vida te reserva coisas maravilhosas , é só acreditar .

Babizinha disse...

E essa linha que separa a razão da emoção é tão tênue que deveras até eu gostaria de esconder-me numa bolha, sem contadores ou marcadores, sendo o indefinido na minha indecisão.

Adorei a imagem! *--*

Beijos
;*

Felicidade Clandestina. disse...

Lindo demais *-*

és um doce ♥

Julia disse...

Acho que as estrelas talvez sejam mesmo sinais, para tentar de novo. Eu não acredito em coincidencias e não acredito que essa seja um As vezezs seria bom esquecer sentimentos, palavras, imagens, e talvez não. Talvez elas estejam ali para te ensinar uma lição. Para fazer voc~e não cometer o mesmo erro duas vezes. também há coisas que eu gsotaria muito de esquecer, mas por mais que eu tente não conssigo, não posso. Não é para ser assim. lembranças são valiosas por piores que sejam. Talvez as estrealas sejam pontos de luz e razão.Talvez as estrelas sejam a Esperança. Se não forem, talvez seja preciso encontrar uma.

Hosana Lemos disse...

"Os castelos de areias estavam se desmoronando, por causa da maré alta que chegava para arrastar tudo."

me fez lembrar de algo que me acontece agora...
algo que me faz querer chorar!

lindo o texto, lindo!
*-*

Ana Santos disse...

"...porém sentimentos, sonhos e idealizações são coisas do coração."

Adorei seu blog e o nome dele, é bem criativo, deve ter algum significado pra você...ou não, pra que significados? =)
Estou te seguindo já! :*

ps: adorei a imagem *-*

Daniela Filipini disse...

Muito lindo!

Luciana disse...

Talvez as estrelas a seus pés estivessem apenas indicando um caminho para o futuro. Colhê-las era sua esperança inconsciente.

Bonito, bonito.
Beijo, Lu!
Ps. linkei ^^

Postar um comentário

 
By Biatm ░ Créditos: We ♥ it