terça-feira, 31 de agosto de 2010

Pálida luz

Sentirei falta de desejar-te "Boa madrugada"
Pelo simples significado que isso tem:
Não te direi mais nada
Talvez um triste "Adeus, meu bem"

E em cada novo "Boa noite" não dito
Você seguirá sendo a luz pálida
do elevador que me leva às estrelas

10 comentários:

Gabriela Marques disse...

Manter as pessoas que gostamos por perto é essencial e pequenas coisas fazem toda a diferença, dizer adeus nunca é fácil e sempre nos prendemos aos pequenos detalhes.

Muito legal. Beijos :*

Mandy disse...

Lendo esse texto eu lembrei de uma fala de Prison Break 'só tenha um pouco de fé'. :)
Ficou muito bonito, e é assim mesmo. Dizer adeus é uma das piores coisas que existe.
Beijoos
Mandy

Duca disse...

Tão difícil apagar o amor. Ainda não inventaram tal borracha capaz disso.

Um abraço.

Dani disse...

Como a Mandy disse: "Dizer adeus é uma das piores coisas que existe." No entanto, muitas vezes é necessário dizer adeus... só assim a gente consegue vislumbrar novos horizontes à nossa frente!
O post ficou lindo... me lembra um versinho que eu aprendi há muitos anos atrás... "Não chore porque acabou, sorria porque aconteceu!"

Beijos :**

Bell Souza disse...

Que lindo isso... tão doce e sincero...

Julia disse...

ownt, que fofo *-*

Aline disse...

Acho teu blog tão legal, com textos muito bons, que mesmo sem saber se gosta de selos, te indiquei no meu. Seria difícil pensar em algum blog que gosto muito e não lembrar do seu. Cuida-te ^^

Paloma disse...

Muito bonito o texto, Luiza.
Adeus é uma palavra pequenininha, mas o que dói é a saudade que acompanha.

Beijos

Ana Lu disse...

Adeus é uma palavra pequenininha, mas o que dói é a saudade que acompanha. [2]
Belo texto Luiza!
Beijoss

dianaBruna disse...

Demorei a comentar, mas: como sempre, lindo texto!
Beijos LU!

Postar um comentário

 
By Biatm ░ Créditos: We ♥ it